Principal        Turismo        Lazer        Gastronomia        Notícias        Serviços        Educação       


Notícias



Escolas de Samba dos Grupos de Acesso esquentam primeira noite
Por Semcom, Prefeitura de Manaus
sábado, 10 de fevereiro de 2018
 
 
 

Escolas de Samba dos Grupos de Acesso esquentam primeira noite
Presidente Vargas. / Ingrid Anne / Manauscult

O “grito de Carnaval” do Desfile Oficial das Escolas de Samba de Manaus foi dado pelas agremiações dos Grupos de Acesso A, B e C na noite desta sexta-feira, 9/2, até o início da manhã do sábado, 10, no Sambódromo. Atletas locais, belezas naturais do interior do Amazonas e homenagens ao próprio universo do Carnaval deram o tom dos enredos das escolas e mobilizaram suas comunidades para participar de um dos grandes momentos do Carnaval 2018.

Para o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) Bernardo Monteiro, o momento do desfile representa o esforço coletivo das escolas, que conta com o investimento da Prefeitura como reconhecimento e valorização cultural do evento.

“A Prefeitura de Manaus investe no Carnaval da cidade, pois o prefeito Arthur Virgílio Neto acredita na festa como produto turístico da cidade, e faz esse apoio sem distinção. Afinal, quando a gente apoia e fomenta a cultura, as escolas mobilizam suas comunidades e trazem para a avenida o resultado de um trabalho coletivo, numa festa identitária para todo o público”, ressaltou Bernardo.

Neste primeiro dia de desfile, 16 agremiações levaram seus brincantes e carros alegóricos para a Passarela do Samba, das 19h30 às 5h30.

Pelo Grupo C, que abriu a noite, desfilaram as escolas Ipixuna, Império do Mauá, Leões do Barão Açu, Gaviões do Parque, Legião de Bambas e Tradição Leste, com enredos que homenagearam nomes como o pesquisador e historiador Daniel Sales, a família musical Cerdeira e os atletas Allan Bandeira e Cláudio Coelho.

No Grupo B, as escolas Mocidade Independente da Raiz, Presidente Vargas, Império do Hawaí e Mocidade do Coroado reuniram suas comunidades para apresentar seu trabalho na pista. Teve espaço para exaltação da cultura de bares tradicionais e patrimônios da cidade, por exemplo, no enredo da Presidente Vargas; e um dos grandes momentos do desfile, com a luxuosa homenagem do Coroado ao município de Rio Preto da Eva.

Para o presidente de honra e fundador da Mocidade do Coroado, Montelo Lira, o desfile é o grande momento de celebrar o trabalho produzido pela comunidade. “Tudo o que fizemos foi planejado com muita cautela e humildade, pensando sempre na responsabilidade que temos. Graças a Deus, nos preparamos e cumprimos nosso papel – a Mocidade Independente do Coroado é uma escola de nome, que tem a progressão de crescer cada vez mais”, afirmou.

Já na madrugada do sábado, 10, finalizando o primeiro circuito de desfiles, o Grupo A contou com as apresentações das escolas Primos da Ilha, Beija-Flor do Norte, Unidos da Cidade Nova, Acadêmicos da Cidade Alta, Dragões do Império e Balaku-Blaku. A Primos da Ilha conseguiu prender a atenção do público até o final com a homenagem à escola-mãe, Vitória Régia. Outro momento de destaque foi a fé apresentada pelos foliões da Cidade Nova, que tinha o samba, em homenagem ao senhor Adalberto Nunes, na ponta da língua.

As três últimas escolas do grupo desfilaram debaixo de chuva, mas nem isso foi capaz de diminuir a animação dos brincantes. A porta-bandeira da Dragões do Império, Aline Santos, por exemplo, já estava emocionada antes mesmo de entrar na passarela do samba.

“É uma emoção que contagia: a minha fantasia, nessa chuva, pesa mais do que o normal, mas eu vou mostrar minha garra; que eu amo meu pavilhão, amo minhas cores vermelho, preto e branco”, contou, empolgada, na concentração.

O Desfile Oficial das Escolas de Samba continua com as apresentações do Grupo Especial na noite deste sábado, 10, a partir das 20h, no Sambódromo.

As agremiações Unidos do Cophasa e Meninos Levados, do Grupo de Acesso B, assim como a Império da Kamélia, do Grupo A, optaram por não desfilar.

Apoio

Doze escolas de samba foram contempladas pelo Edital de Chamamento Público Nº 10/2017 da Manauscult, que destina apoio ao Desfile Oficial de Carnaval, e receberam o montante de R$ 857.514,00. Este ano, o repasse foi feito quase dez dias antes do desfile, fato inédito na história do evento.

Serviços

A Prefeitura de Manaus também esteve presente no evento garantindo a segurança, qualidade e prestação de serviços aos foliões. As secretarias municipais da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), de Saúde (Semsa), do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), da Subsecretaria Municipal de Abastecimento, Feiras e Mercados (Subsempab) e Casa Militar, levaram suas ações para o Sambódromo.

Para orientar o trânsito nos arredores do desfile, 50 agentes da Manaustrans estiveram presentes no local. Já a Visa Manaus contou com 20 agentes fiscalizando todas as barracas de comida.

 

Publicidade




   
TURISMO
Agências de Turismo
Artesanato
Bibliotecas
Casas de Câmbio
Consulados
Ficha
Fotos
História
Hospedagem
Igrejas
Informações
Pontos Turísticos
Mapas
Municípios
Museus
Pescaria
Shoppings
Teatros
Zona Franca de Manaus

LAZER
Bares
Casas Noturnas
Cinema
Eventos

GASTRONOMIA
Cafeterias
Café Regional
Churrascarias
Guloseimas
Lanchonetes
Pizzarias
Restaurantes
Sorveterias
SERVIÇOS
Cyber Café
Caixas Eletrônicos 24h
Delegacias
Farmácias 24h
Hospitais
Hotspots (wi-fi)
Notícias
Telefones Úteis
Táxi

EDUCAÇÃO
Infantil
Escolas Públicas
Escolas Particulares
Curso Superior
Curso Técnico
Siga nas redes sociais:
Twitter   Facebook   Instagram


No seu bolso:
Download na Apple Store

Download na Windows Store

Download na Google Play

ManausOnline.com
Copyright © 1996-2018